Como fazer um planejamento estratégico de uma empresa

Qualquer negócio bem sucedido ou organização sem fins lucrativos deve ter um planejamento estratégico sólido para o sucesso do seu empreendimento. O melhor plano é composto de objetivos mensuráveis e financeiros para ações tanto em curto prazo quanto em longo prazo. Seu plano deve incluir certos elementos, como missão, valores e visão, além de evitar armadilhas comuns, como negligenciar as necessidades específicas da sua organização.

Componentes de um Planejamento Estratégico

Os planos podem vir de várias formas e tamanhos diferentes, mas todos eles têm os seguintes componentes.

Missão:

A missão trata da expressão do seu propósito e aspiração, abordando o que você procura realizar e a maneira pela qual a organização fará isso. É uma declaração de por que a organização existe.

Visão:

Esta breve declaração concisa do futuro da organização responde à pergunta sobre onde a empresa pretende estar em cinco ou dez anos.

Valores:

Esta declaração resume as crenças centrais da empresa. Trata-se dos princípios orientadores que nunca mudam e fazem parte da sua base estratégica.

SWOT:

É uma visão resumida da sua posição atual, especialmente seus pontos fortes e fracos, além de oportunidades e ameaças.

Vantagem competitiva:

A sua vantagem competitiva inclui o que você tem de melhor em comparação com a concorrência.

Objetivos estratégicos de longo prazo:

Essa área estratégica abrange um horizonte de tempo (três anos ou mais). Eles determinam onde você deve se concentrar para alcançar a sua visão.

Estratégias:

Estratégias são os métodos gerais, o “guarda-chuva” que você pretende usar para alcançar a sua visão.

Metas de curto prazo / prioridades / iniciativas:

Estes itens convertem os objetivos estratégicos em metas de desempenho específicos que se enquadram em um horizonte de dois anos. Eles determinam o que, quando e quem, sendo que são mensuráveis.

Itens / planos de ação:

Estas declarações específicas explicam como uma meta será cumprida. Essas são as áreas que movem as estratégias de operações e os planos executados por equipes ou indivíduos dentro de um a dois anos.

Avaliação financeira:

Com base no registro e futuras projeções históricas, essa avaliação ajuda a planejar e prever o futuro, o que lhe permite ganhar controle muito maior sobre o desempenho financeiro da sua organização.

Como estabelecer um planejamento estratégico

Você pode optar por contratar um facilitador ou consultor para executar sua sessão de planejamento. Algumas situações comuns que necessitam desse trabalho são as seguintes:

É a primeira vez que sua empresa está elaborando um planejamento estratégico; você está fazendo mudanças drásticas na direção de sua organização; você sente que precisa de orientação na criação de um plano melhor do que aquele que você já tem.

O planejamento estratégico da empresa pode ser escrito e reescrito quantas vezes for preciso. Muitos empresários simplesmente ajustam o seu plano para representar quaisquer metas novas ou continuadas que você pode ter para a sua organização.

Se você enfrenta problemas específicos em sua organização, sua lista de objetivos também pode se concentrar em métodos para enfrentar e resolver estas questões.

Analisar tanto os ambientes internos e externos da sua organização ajuda a manter a instrução e os objetivos da missão alinhados com a ideia do empreendimento.

Análise interna

Irá incluir a identificação dos pontos fortes e fracos dos procedimentos internos da empresa, bem como os recursos humanos e demais áreas de atuação.

Parte da sua análise interna envolverá a elaboração de uma análise SWOT, que é simplesmente listar os pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças da sua organização.

Análise externa

Envolve a identificação de tendências políticas, sociais, ecológicos e tecnológicos que afetam os produtos da sua organização e serviços.

São aquelas coisas que você não pode facilmente controlar ou não tem controle sobre nada. A análise externa é importante para identificar e construir contingências em seu planejamento estratégico.

É fundamental comunicar seu plano à equipe de trabalho, uma vez que todos terão que saber quais foram os procedimentos programados para cada departamento e as responsabilidades específicas.

Isso permite que todos possam fazer sugestões para implementar mudanças sempre que possível. Isso permite que sua equipe faça mudanças dentro da estrutura do planejamento estratégico.

Dicas

A empresa deve saber identificar a vantagem competitiva da organização, qual é o seu lugar em relação às empresas rivais. Saber onde você está em seu campo permite-lhe criar o melhor plano estratégico possível.

Avalie o progresso do seu planejamento estratégico, pelo menos trimestralmente, e use esse plano para medir o trabalho de seus funcionários no momento da avaliação de desempenho.

Planejamento estratégico para evitar armadilhas

O planejamento estratégico pode render menos do que o esperado se você cair em uma das possíveis armadilhas desse plano. Para impedir que isso aconteça, aqui está uma lista das armadilhas mais comuns:

1 – Ser realista sobre a sua capacidade de planejar

É preciso de tempo e esforço para planejar bem. Algumas empresas querem resultados, mas não estão dispostas a investir. Seja realista sobre o que você pode investir. O ideal é encontrar uma maneira que combine com os recursos disponíveis. Isso inclui tempo, energia e dinheiro.

2 – Não ter sua empresa em ordem

O planejamento pode revelar que sua empresa não está em ordem. Quando a empresa faz uma pausa para planejar questões que foram enterradas ou colocadas em banho-maria, alguns aspectos desagradáveis podem vir à tona e facilmente fazer seus esforços irem por água abaixo. Antes de embarcar em um planejamento estratégico, certifique-se de que sua empresa está em ordem e não existem grandes conflitos.

3 – Copiar e colar

Cair na armadilha de copiar as melhores práticas de uma empresa semelhante é um erro. Embora seja importante empregar as melhores práticas no seu ramo de negócio, as experiências de outras organizações não são relevantes para a sua experiência de mercado. Organizações são únicas, complexas e diversificadas. Você precisa encontrar o seu próprio caminho em vez de seguir a abordagem de outros.

4 – Ignorando sua cultura e prontidão organizacional

Estratégia e a cultura da empresa estão intimamente interligadas. Ignorar esse fato é perigoso. Com isso em mente, adapte o seu planejamento estratégico para aquilo que funciona para o seu ritmo organizacional. Considere investir num processo mais simples ou em um mais robusto.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA